A cidade de Americana, próxima a grandes metrópoles, como da macrorregião de Campinas e São Paulo, é escolha da rede de colchões e móveis Anjos Colchões, para abertura de sua nova franquia no estado. A empresa foi fundada no Paraná em 1990, quando começou suas atividades como produção de estofados e apenas quatro funcionários em seu plantel.

Já em 2001 incorporou mais dois braços de negócios, sendo a Anjos Colchões e a D’Angelis Indústria Mobile, formando o Grupo Anjos do Brasil, empresa 100% nacional. Atualmente, a empresa conta com 54 lojas e está presente nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Brasília, Alagoas, Maranhão e Rio Grande do Norte, além de mais três lojas no Paraguai.

Anjos Colchões Americana

Atuando durante 18 anos como gerente de eventos, especializado no departamento comercial, Reginaldo Matheucci, comenta a recente motivação para o comércio, por causa da admiração que tem pelo dono da Anjos Colchões, Claudinei dos Anjos, que conheceu em 2000, quando ele ainda era seu cliente. “Tive, na época, a oportunidade de me envolver com os negócios, mas ainda não era o meu momento. Os anos passaram e eu fui conhecendo a estrutura e a equipe, mas, sem dúvida, a minha ida para Cascavel (PR) mudou o rumo da história”, comenta.

“Eu fui à fábrica, vi como funciona todas as etapas de produção, tanto dos colchões como dos estofados, conheci as pessoas e uma coisa me chamou muito atenção: todos ali eram felizes, da faxineira ao entregador de móveis, e isso me encantou, porque eu vi que também seria feliz naquele negócio”, conta o gerente de eventos.

Não só levado pela felicidade, Matheucci também investiu em conhecimento. Estudou o mercado e analisou com cuidado os pontos onde poderia abrir a loja, além de contratar alguém com vasta experiência para estar ao lado dele no dia a dia do atendimento.

Próximo aos concorrentes, numa região com elevada quantidade de lojas de móveis e colchões, Reginaldo escolheu o ponto que mais lhe agradava e os números não deixam mentir que a aposta foi certeira. São 230m² de salão e mais 130m² de depósito, com direito ainda a vagas de estacionamento na Avenida Campos Sales, 871, no Jardim Girassol.

Desafios

O franqueado reconhece que estar à frente de uma unidade da Anjos Colchões é um desafio, mas o otimismo toma conta quando o assunto é o negócio. “Nosso segmento está reaquecendo, a equipe da empresa meu deu muita atenção e a felicidade de todos me contagiou. É prazeroso estar envolvido nesse ambiente e cercado de pessoas boas, sei que as chances de sucesso são altas”, relatou.

A perspectiva positiva vai ao encontro do crescimento do consumo de móveis e colchões, que estima-se um saldo de 429,2 milhões de peças, alta de 1,3% em relação a 2016, conforme dados elaborados pelo Instituto de Estudos e Marketing Industrial – Inteligência de Mercado (Iemi).

(com informações de assessoria)